Selecione o artigo desejado
Para baixar o arquivo PDF basta clicar no botão
Visualizar evento O LEÃO E A FALÊNCIA DAS EMPRESAS
Visualizar evento CONTROLE FINANCEIRO DEVE SER PRIORIDADE NO DIA-A-DIA.
Visualizar evento CURSOS AJUDAM A ORGANIZAR FINANÇAS E O PRÓPRIO NEGÓCIO.
PDF
Baixar Arquivo GUIA DO EMPREENDEDOR - VOLUME I - IDENTIFICAÇÃO DAS OPORTUNIDADES
PDF
Baixar Arquivo GUIA DO EMPREENDEDOR - VOLUME II - GESTÃO FINANCEIRA
PDF
Baixar Arquivo GUIA DO EMPREENDEDOR - VOLUME III - ATENDIMENTO A CLIENTES E PROMOÇÃO DE VENDAS
PDF
Baixar Arquivo GUIA DO EMPREENDEDOR - VOLUME IV - FLUXO DE CAIXA E CUSTOS NA PEQUENA INDÚSTRIA
PDF
Baixar Arquivo GUIA DO EMPREENDEDOR - VOLUME V - CUSTOS NO COMÉRCIO


Donos de pequenas empresas contam suas dificuldades e dizem que vale a pena buscar apoio e capacitação.

Com pouco mais de três meses de mercado, quatro funcionários e 150 alunas, as sócias Daniella Amaral e Lívia Tezzei estão trabalhando duro para consolidar sua academia de ginástica, montada no Morumbi. Elas decidiram investir numa franquia, e contam que a parte financeira do negócio tem sido um dos principais desafios. "O atual número de alunas está sendo suficiente para cobrirmos todos os nossos custos fixos, o que é bem positivo. Mas acabamos investindo na abertura da empresa um pouco mais do que esperávamos. Isso está exigindo da gente um controle rigoroso do negócio, mas estamos aprendendo rápido", diz Daniella, que não descarta a idéia de fazer cursos de gestão financeira.

Para investir na franquia, lembra Daniella, as sócias conseguiram um financiamento do Proger, o que também tem demandado cautela na administração dos recursos que entram e saem do caixa. "A linha de crédito tem bom prazo, taxas abaixo do mercado. O problema é que a parcela do empréstimo que podemos usar para capital de giro é muito baixa", conta a empresária, ressaltando que é justamente essa a principal necessidade da maioria das empresas. Outro cuidado das sócias, que ainda aguardam o retorno do investimento realizado, é não fazer retiradas, até que a situação financeira da empresa permita.

Organização

Donos da Red Farma, distribuidora de medicamentos na Zona Sul, os sócios Alexandre Cabral de Mello e Marcelo de Souza Branco promoveram uma reorganização do negócio, depois que Branco decidiu fazer um curso de fluxo de caixa. "Eu era da área de vendas, tinha pouca experiência no controle financeiro quando montamos a empresa. O curso é uma bela ferramenta de aprendizagem", afirma Branco. "Percebi que precisávamos ter mais ordem na empresa, mais planejamento. Aprendi a organizar melhor as entradas e saídas de recursos, a evitar sustos e correria com descontos de duplicatas em cima da hora. Quando a gente tem maior controle e se programa, fica muito mais fácil fazer o gerenciamento", destaca.

Dona de ateliê e de uma loja de bijuterias, calçados e acessórios na Zona Oeste, a estilista Nicea Souza conta que há uns quatro anos sentiu necessidade de buscar orientação sobre gestão financeira e marketing. "Foi quando decidi abrir minha loja, para trabalhar com o varejo, e não mais apenas com o atacado. Fiz cursos no Sebrae-SP que me ajudam até a hoje. Sem essa orientação, nem saberia escolher o software que hoje utilizo na gestão do negócio", afirma Nicea.

Fonte: Diário de São Paulo - (Caderno Negócios-O Espaço do Empreendedor-Apoio Sebrae-SP) Autora: Sandra Mota -Data de Publicação: 20/11/2005.

FinanciaGiro © 2005. Todos os direitos reservados - site desenvolvido por Vobis